20 Músicas Natalinas Recentes que Não São Ruins

This post is also available in: Inglês

Então é Natal, e o que a gente ganha? As mesmas músicas velhas que já não aguentamos mais. Até domingo, não vai ter um ser humano se quer que não vá gritar se ouvir mais outra reedição de “Bate o Sino” ou “Noite Feliz”… e se a gente ouvir aquela música irritante sobre a garotinha que quer um hipopótamo mais uma vez, a gente vai dar um para ela, tendo a consciência de que os hipopótamos são os animais mais perigosos da África.

Mas não se preocupe! Os elfos mágicos do Unicorn Booty organizaram uma playlist maravilhosa para sua festa de Natal cheia de músicas que você talvez não conheça! Elas vão manter seu feriado agitado em vez de acabar em hipopótamos selvagens e derramamento de sangue.

1. “Carol of the Bells” do The Bird and the Bee

Das canções tradicionais, essa é uma das menos superexpostas. The Bird & The Bee fez um cover desse clássico com competência — e Inara George canta a letra com uma bela melancolia, apesar de falar em grande parte sobre sinos. Ela tem esse dom.

2. “White December” da Kylie Minogue

Kylie Minogue lançou seu primeiro álbum de Natal ano passado, e é muito bom. Principalmente essa música original com um toque de doo-wop, “White December,” trazendo lembranças do Phil Spector — isso é, lembrança do seu LP clássico A Christmas Gift For You, e não de ele ser um assassino.

3. “Deck the Halls/Sleigh Ride” do The Moog Cookbook

The Moog Cookbook (o duo formado pelo Roger Manning do Jellyfish e Brian Kehew, que já tocou com o Air and The Who) faz álbuns de covers com arranjos de antigamente. Seus três álbuns, The Moog CookbookYe Olde Space Bande e Bartell são todos clássicos, e essa surpreendente versão dançante de “Deck the Halls” está no Bartell.

A música deles do século 21 tentar evocar a pegada dos anos 60, e a reedição deles de “Deck The Halls/Sleigh Ride” de fato tem essa sonoridade vintage.

4. “That Was the Worst Christmas Ever!” do Sufjan Stevens

A música conduzida pelo banjo e pelo violão do Sufjan Stevens é para todas as pessoas que estão celebrando o Natal, estejam elas no clima ou não. Lembre-se, não importa o quão ruim seu Natal esteja — essa música te lembra que sempre podia estar pior.

5. “Merry Christmas from the Family” da Jill Sobule

Escrita por Robert Earl Keen e regravada por muitos artistas country e alt-country, aqui está uma versão de “Merry Christmas From The Family” por alguém que não é extremamente ligada a cena country ou country alternativa! A maioria das pessoas lembram da Jill Sobule por causa da sua música, a versão superior de “I Kissed A Girl”, mas a discografia dela é cheia de hinos.

Se você nunca ouviu esse clássico do sul dos EUA, a versão do Montgomery Gentry é boa também, mas gostamos mais da versão da Jill Sobule.

 

6. “Office Christmas Party” do Los Abandoned

“Office Christmas Party” é uma das únicas músicas sobre a antiga tradição de se arrepender da pegação na festa da empresa. Infelizmente, Los Abandoned foi uma banda “feito e desfeito” — eles se separaram logo depois do lançamento do álbum de estreia subestimado deles Mix Tape. Se tivessem continuado juntos, quem sabe sobre que outras tradições o Los Abandoned escreveriam…

7. “Homo Christmas” do Pansy Division

A lendária banda de queercore Pansy Division obviamente tinha algo a dizer sobre o Natal. “Homo Christmas” é uma música de powerpop agitada e chiclete sobre dar no fim de ano — e não estamos falando de presente. Ao contrário de outras músicas natalinas sobre momentos sexy, ela não manda indiretas — letras deliciosamente explícitas como “Você provavelmente vai ganhar suéteres/Cueca e meias/Mas o que você realmente gostaria de ganhar no Natal/É um bom pau duro” tocam no ponto do que sentido do Natal. Foder. Amor.

8. “Merry Christmas (I Don’t Want to Fight Tonight)” do Asobi Seksu

O Papai Noel te trouxe shoegaze de Natal! Esse é o cover do Asobi Seksu do clássico do Ramones. Apesar de não ser tão agitada como a original, o Asobi Seksu dá um toque interessante à versão original — e até o My Bloody Valentine finalmente lançar um álbum de Natal (eles estão trabalhando nele), a versão do Seksu é a segunda melhor coisa.

9. “New Year’s Revolution” do Graham Parker

Graham Parker é frequentemente comparado ao Elvis Costello, o que faz sentido: Alguns membros da banda de apoio do Graham Parker, The Rumor, tocaram no primeiro álbum do Elvis, My Aim Is True. Assim como Elvis, Graham Parker não se prende a um gênero — essa música tem um pouco uma pegada de Northern Soul.

10. “Santa Claus” do The Sonics

A essa altura, “Santa Claus” do The Sonics está se tornando um clássico natalino do rock, com regravações de bandas como Belle & Sebastian, They Might Be Giants e mais. The Sonics é uma das bandas originais de garage/punk — e eles estão de volta depois de se separarem em 1966. Apesar das diversas versões que existem dessa música, é difícil de bater a energia malcriada da original sobre ser ignorado pelo Papai Noel.

 

11. “Christmas Wish” da Takako Minekawa

Takako Minekawa foi uma estrela mirim que se transformou em uma música de pop experimental brilhante. Essa música é do seu EP exclusivo para o Japão Baroque in Winter, e é um cover da música de 2007 do NRBQ. Felizmente, Minekawa está lançando músicas novamente após um longo hiato que se iniciou no ano 2000: Seu trabalho mais recente é o Savage Imagination de 2014, seu segundo com o colaborador Dustin Wong.

12. “Christmas Without a Prayer” do Sparks

Apesar do Sparks continuar a preparar seu novo álbum Hippopotamus e seu filme com Guy Maddin que está prestes a ser lançado, 2016 foi um ano calmo para a banda. Mas ano passado, eles não só lançaram um dos melhores álbuns do ano como também lançaram um single de Natal! Só o piano e os vocais oprimidos do Sparks podem fazer jus a essa música sobre ficar sozinho no Natal; afinal, eles já tinham prática com a também depressiva “Thank God It’s Not Christmas.”

13. “Evergreen” do mc chris

Amamos músicas de Natal não convencionais, principalmente “Evergreen”, que é sobre comprar drogas de um vendedor de árvores de Natal. As músicas natalinas deveriam cobrir todos os métodos de celebração, sejam eles legais na sua cidade ou não.

14. “Christmas Is Going to the Dogs” do Eels

Deveria haver mais músicas natalinas do ponto de vista de uma cachorro. Existe a super perturbadora “Christmas Puppy” do Dudley Dogg, Jr., e essa música do Eels. Felizmente, essa não tem vocais acelerados assustadores e é na verdade engraçada e fofa. Às vezes tudo que queremos é deitar em algum lugar e mastigar.

15. “Feast of Lights” do They Might Be Giants

O Hanukkah esse ano começou na véspera de Natal, então por que não incluir essa música do They Might Be Giants? Não é a primeira vez deles gravando músicas sombrias sobre as festas de fim de ano, “Feast of Lights” parece uma versão atualizada da demo deles “We Just Go Nuts At Christmas Time” que na verdade é sobre lidar com divórcio. Sim, isso é o que acontece depois de você ver a mamãe beijando o Papai Noel…

 

16. “Countdown to Christmas Party Time” do The Three Wise Men

The Three Wise Men é um pseudônimo secreto do XTC. Essa música foi o lado B do single de Natal “Thanks For Christmas” que você as vezes ainda pode ouvir nas rádios. O compositor Andy Partridge disse que eles gravaram essa música “ para evitar que o single empenasse“, mas isso não traz justiça à faixa — na verdade é uma música divertida para dançar.

Uma curiosidade divertida: ambas as músicas do single do Three Wise Men iam ser gravadas originalmente pelas secretárias da gravadora deles na época, Virgin Records — que iam ser creditadas como The Virgin Marys, mas a gravadora amarelou e o XTC que acabou gravando.

17. “It Doesn’t Often Snow at Christmas” do Pet Shop Boys

Apesar de Pet Shop Boys não ser exatamente sinônimo para Natal, esse single feito para os fã-clubes é um presentinho legal. Com as mudanças climáticas deixando os dezembros mais quentes, essa música pode se tornar cada vez mais relevante com o passar do tempo.

18. “I Don’t Have a Christmas Tree (Soylent Night)” do Mark Mothersbaugh

Falando em decisões estranhas de lançar música natalina, aqui está uma música original do Mark Mothersbaugh do DEVO! Na verdade, Mothersbaugh gravou um álbum completo de Natal, Joyeux Mutato, um trabalho em sua maior parte instrumental; “I Don’t Have A Christmas Tree” é uma das poucas faixas com vocais. Se você quiser mais DEVOlution na sua festa de Natal, todo o álbum Joyeux Mutato é ótimo… e tem sempre a música do próprio DEVO “Merry Something To You!” Essa música é super agitada também.

19. “Ruby Left a Present Under the Christmas Tree” do Too Much Joy

Existem muitas músicas de power-pop de Natal ótimas, e “Ruby Left A Present Underneath The Christmas Tree” do Too Much Joy vai te lembrar o quanto essa banda fantástica é subestimada. Ainda dá tempo dessa música, lançada em 2001, ser um sucesso de Natal no mundo todo! Faça acontecer!

20. “All I Want for Christmas…” do Shonen Knife

Shonen Knife junto com o Sonic Youth — para o Natal?! Pode acreditar — essa excelente música de Natal foi escrita por Naoko Yamano e Thurston Moore. E nem é a única música que eles fizeram juntos — confira “Butterfly Boy” do Rock Animals. Mas primeiro curta essa música natalina agradável e feliz de pessoas natalinas agradáveis e felizes.

(imagem em destaque via WPWParksGal/DeviantArt)

 

Traduzido por Rafael Lessa.