5 Motivos Pelos Quais as Pessoas Soropositivas Devem Manter Seu Tratamento Diário (Vídeo)

This post is also available in: Inglês

A empresa biofarmacêutica Gilead fabrica diversos remédios antivirais que previnem a replicação do HIV no corpo humano. Mas, conforme eles explicam no vídeo acima (exibido recentemente no Creating Change 2017, uma conferência nacional sobre igualdade LGBTQ), esses medicamentos precisam ser tomados diariamente, caso contrário o HIV pode se proliferar pelo corpo, potencialmente causando problemas de saúde. Portanto, aqui estão cinco razões pelas quais é importante que pessoas soropositivas se mantenham em um regime antiviral diário:

1) Reduz a quantidade do HIV no corpo

Se o HIV não for tratado, a quantidade do HIV no corpo (ou seja, a carga viral) aumenta, enfraquecendo gradualmente o sistema imunológico da pessoa. No entanto, o tratamento diário pode reduzir significantemente a carga viral de uma pessoa, até mesmo chegando ao ponto de ser indetectável em exames de sangue; o que é conhecido como “ser indetectável”. Cargas virais mais baixas também podem reduzir o efeito danoso que o HIV causa ao corpo, diminuindo simultaneamente as chances de transmitir o HIV para outras pessoas através do sexo.

2. Ajuda a proteger os parceiros sexuais de novas infecções de HIV

Ser indetectável diminui significativamente as chances de se passar HIV para os parceiros sexuais, algo que é chamado de tratamento como prevenção (TcP). De fato, a Gilead estima que o TcP pode reduzir a possibilidade de transmitir o HIV em até 90%, apesar de sugerirem o uso de camisinha, PrEP ou outros métodos de prevenção para diminuir ainda mais a possibilidade de transmissão.

3. Aumenta o número de células CD4 no corpo.

Reduzir o HIV no corpo ajuda a restaurar seu sistema imunológico,  isto é, as células brancas CD4 que ajudam a combater infecções oportunistas. Se a sua contagem de CD4 ficar muito baixa, os médicos te dão o diagnóstico de AIDS. No entanto, o tratamento do HIV pode retirar uma pessoa do perigo da AIDS, ajudando a assegurar que o corpo possa combater doenças mais efetivamente.

4. Promove a redução de inflamações

O HIV e outros vírus causam inflamação, um resposta natural que o corpo usa para combater infecções. No entanto, como o HIV não pode ser curado, ele permanece no corpo, causando uma inflamação sem fim, sendo que algumas não podem ser vistas ou sentidas porque ocorrem internamente. Essa inflamação crônica causa um forte estresse no corpo—podendo levar ao câncer e outras doenças. Então naturalmente, quanto menor a carga viral de uma pessoa, menos inflamação ela vai ter.

5. Evita resistência

Se você começa a tomar um medicamento antiviral e depois para, o HIV pode se adaptar à quantidade reduzida de medicamento na sua corrente sanguínea e se tornar resistente à mesma droga em tratamentos futuros, dificultando o tratamento eficaz do HIV. Alguns corpos também podem ser naturalmente resistentes a certos medicamentos antivirais, fazendo com que seja muito importante a realização de exames de sangue regularmente para que seu médico acompanhe a eficácia do seu medicamento e faça mudanças se necessário.

 

Traduzido por Rafael Lessa.