Presidente de clube paraguaio confirma relação com jogador após vazarem fotos íntimas

Antonio Gonzáles, presidente do clube paraguaio Rubio Ñu de Luque, teve fotos íntimas vazadas nas redes sociais em que estava com um jogador da equipe. As fotos rapidamente chegaram a todos os sites de notícias esta semana e Gonzales não tardou em assumir sua relação com o jogador Bernardo Gabriel Caballero.

Gonzáles afirma que estava sendo chantageado e para evitar mais problemas, resolveu gravar um vídeo em que explica sua relação e assume sua sexualidade. No vídeo divulgado em suas redes sociais ele conta que as imagens estavam sendo usadas pelo próprio atleta para fazer chantagem e deixá-lo sair do clube.

De acordo com a imprensa paraguaia, existiria um triângulo amoroso e o ciúme seria a base deste escândalo:”Vamos ser honestos, Caballero estava comigo no Rubio Ñu há mais de dois anos, era muito especial para mim. Era o meu companheiro. E tinha todos os privilégios, carros que nunca pensou conduzir, como Mercedes Benz, Land Cruiser, Prado, Hilux… De repente pareceu uma velha louca. Ele era meu parceiro sentimental e peço desculpas se isso incomoda muitos, sou sincero”, afirmou Antonio González ao “Diario Hoy“, do Paraguai, referindo ainda: “Um homem é mil vezes mais ciumento do que uma mulher, não gosto que me ameacem”, disse o cartola.

O presidente declarou que pagou ao clube Juventud de Bella Vista 7 milhões de guaranis pelo passe do atleta, cerca de US$ 1.200 e que agora pretende vender por 2 milhões de guaranis para facilitar a saída de Caballero. O presidente do clube não deu declarações sobre se o atleta joga ou não em próximos jogos.

Assista ao vídeo de Gonzáles explicando toda a história: