Aplicativo ‘Mastur-Plan’ Oferece Alternativa À Masturbação Aos Mórmons

This post is also available in: Inglês

Olá, masturbador crônico! Você sabia que o Livro de Mórmon considera “pecados sexuais”, como se masturbar, em segundo lugar apenas depois de assassinato? É verdade, pelo menos de acordo com Scott Stevens.

Stevens não se masturba há 17 anos, 43 dias, e 16 horas, e ele “declarou guerra à masturbação” com sua campanha de US$ 65.000 no Kickstarter para um aplicativo anti-masturbação chamado de Mastur Plan.

Não há outra forma de dizer isso — sua campanha no Kickstarter é MALUCA. Vamos dar uma olhada melhor:

Como vai funcionar: o usuário usará um botão de Registro de Atividade para marcar cada “instância de atividade de masturbação… quaisquer circunstâncias atenuantes ou ato provocante (que levou à masturbação)… e as vezes em que usuários tiveram a vontade, mas conseguiram se segurar”.

Se os usuários ficarem com vontade, eles poderão usar os botões “Excitado” e “Em tentação”, que inclui um matador de ereções, “recursos para reduzir a libido e alterar os pensamentos de sexual para espiritual” como “as páginas de tópicos gospel em LDS.org (site Mórmon)”, “música do Coro Tabernacle”, e sugestões de exercícios, mas nada de abdominais porque “a fricção potencial poderia ser contraprodutiva à nossa causa”.

Se as atividades físicas ainda não forem suficientes, o aplicativo recomendará que o usuário faça alguma outra atividade de propiciará alívio físico:

“Par alguns usuários, quebrar lâmpadas queimadas velhas pode dar uma sensação de satisfação. Para outros, descarregar uma lata inteira de chantilly pressurizado em um amigo que te deu permissão, ou um ajudante contratado, pode fornecer um pouco de alívio.”

Mas se quebrar lâmpadas e atirar chantilly em seus amigos não forem suficientes para matar sua necessidade, você pode apertar o botão “Emergência” e “uma série de bips e sons irritantes… irritarão o usuário o suficiente para reduzir a libido e tentação”. E é nessa parte que a campanha do Kickstarter fica MUITO estranha.

mastur-plan, app, iphobe, hold the rod, crude drawing, kickstarter

Aqui é onde Stevens lista a real fonte da tentação para a masturbação, os “Lubricatti”, e sugere uma alternativa incrivelmente estranha para se masturbar até o fim:

Aqueles lutando para perder o hábito devem ficar atentos a qualquer um que se aproxime e o convide para “assar a mandioquinha”, ou que o convide para uma “festa de afogar o ganso”, ou a um “baile para sujar o carpete”. Esses eventos nada são além de ferramentas que os Lubricatti usam para nos fazer descer metaforicamente pela rampa escorregadia (e talvez literalmente também).

Assim que o usuário estiver fora do alcance dos Lubricatti, ele pode progredir para a próxima atividade, que eu chamo de “Segurar o bastão”.

O aplicativo exibirá uma imagem representando um bastão de ferro. Quando o usuário toca o bastão, uma mão será exibida segurando o bastão com força. O usuário pode deslizar a mão de um lado para o outro sobre o bastão, mas se seus dados perderem o contato com a tela, a mão se soltará. Segurar o bastão assegura que ambas as mãos fiquem ocupadas (uma segurando o telefone, a outra “segurando” o bastão), e assim as mãos dos usuários não poderão se usadas em outras atividades. Veja uma captura de tela abaixo:

Conforme o usuário desliza a mão virtual de um lado para o outro ao longo do bastão virtual, fricção virtual é criada. Deslizar mais rápido cria mais fricção. Com mais fricção, o bastão começará a esquentar e brilhar. O objetivo é deixar o bastão branco-brilhante. O usuário deve ficar à vontade para executar essa atividade com todo o vigor. Quando o objetivo for finalmente alcançado, o bastão derreterá em uma explosão de fogos de artifício, e o aplicativo tocará sons calmantes de murmúrios/esguichos para ajudar o usuário a relaxar e aproveitar a glória de um trabalho bem feito.

Então o aplicativo inteiro é basicamente um exercício de transformação. É tão maluco em seu desejo único de erradicar a masturbação que é quase brilhante.

Você realmente deveria ler toda a campanha no Kickstarter por si próprio — especialmente a parte comparando os genitais a “pequenas fábricas” que “produzem a substância que dá vida”. Mas nós terminaremos com uma parte igualmente hilária chamada de “Formas de ajudar alguém a perder o hábito da masturbação”:

  • Desfaça-se de amizades com qualquer um que está lutando contra a masturbação. Estar na presença deles agravará seu problema.

  • Reze, mas não sobre seu hábito de masturbação. Rezar pela masturbação apenas fará com que você queira se masturbar.

  • Considere vestir muitas peças de roupa para dormir, para tornar difícil o acesso aos seus genitais.

  • Se várias peças não resolverem, considere medidas mais extremas como amarrar suas mãos à cabeceira.

  • Às vezes é útil ter um objeto físico para usar para superar esse problema. Um Livro de Mórmon, segurado firmemente, até mesmo à noite na cama tem se provado útil em casos extremos.

  • Terapia de aversão: Se você associar algo repugnante à sua perda de controle, isso te ajudará a evitar o ato. Por exemplo, se você sentir vontade de se masturbar, pense em ter que entrar numa banheira cheia de vermes, e comer alguns deles conforme você faz isso.

Comments are closed.