Casal do mês: fevereiro está só amor e não é amor de carnaval

Deixamos para começar esta coluna no carnaval, porque carnaval é amor, é paixão, é cara se conectando e claro, é casal lindo contando sua história que começou com o Hornet. Ah, esse aplicativo, unindo os rapazes, fazendo o cupido, a gente adora… Renan Marchetto, 28 anos, engenheiro e Lucas Martins, 29 anos, designer de interiores se conheceram há dois anos e já moram juntos, têm uma empresa de camisas masculinas, a HART e são a coisa mais linda desse carnaval. Confiram as fotos e a entrevista.

 

Nos conhecemos há dois anos pelo Hornet, combinamos um cinema, mas esse encontro foi complicado de acontecer, desmarcamos 3 vezes até que finalmente no dia nos perdemos, porque cada um foi para um shopping diferente. Achamos que um queria dar aquele perdido no outro. Antes do filme conversamos muito e já nesse momento estávamos completamente apaixonados.

 

Começamos com algumas coisas de relação aberta há 2 meses, tem que existir confiança e conversa, nós não escondemos nada um do outro, inclusive os desejos. Temos algumas regras, a mais importante é fazemos tudo junto, enxergamos o sexo a 3, como algo para nos diverte e apimenta a nossa relação.

Perguntamos um para o outro se vale a pena, se estamos na balada beijando alguém e um dos dois não está curtindo, então combinamos de dar um apertão de leve no outro para parar e se afastar, na hora do sexo a 3 não pode ser egoísta para que ninguém se sinta excluído, somos versáteis,  então é legal quando todo mundo curta de tudo. No mais, temos uma conexão muito forte e nos amamos muito.

Uma vez, despretensiosamente, nos inscrevemos em um concurso de casais promovido por uma marca de camisinhas, precisávamos fazer uma foto íntima do casal e um breve texto e em casa tivemos a ideia da foto: a hashtag do concurso escrita nos nossos corpos embaixo do chuveiro, acabamos ganhando 15 mil reais para fazer uma viagem pelo Nordeste.

A declaração mais linda de amor que já fizemos um ao outro foi durante uma transa, enquanto transávamos falamos o quanto éramos importantes uma para o outro, foi uma mistura de choro, lágrimas, prazer e felicidade, um momento muito insano e único.

Moramos juntos, temos uma vida juntos, uma empresa, obrigações e contas, casamento é uma cerimônia oficial, nós nos consideramos namorados, porém pretendemos em breve oficializar isso. É algo que ambos querem muito, já viajamos tivemos muitas conversas de como gostaríamos que fosse.

Comunicação é tudo para um relacionamento dar certo, você não pode ter medo de falar nada para a pessoa com quem você pretende passar o resto da vida. Falamos de tudo, problemas, sonhos, desejos. E saber que somos diferentes e que um relacionamento ideal, sem brigas, perfeito, não existe, justamente, porque as pessoas são diferentes.

Temos o sonho de grande parte dos casais: queremos nos estabelecer, comprar uma casa bacana, alavancar nosso negócio, constituir uma família e fazer parte um da vida do outro a cada dia. O importante é ser feliz e encontramos a felicidade um no outro.

Tem um mozão (ou dois mozões) e quer ser o casal do mês? Comenta no post.