Homem mata namorado em ponto de pegação em Brasília por ciúmes

Nesta terça-feira, 02, a Polícia Civil do Distrito Federal prendeu um homem suspeito de 42 anos pelo assassinato de um funcionário da Latam Linhas Aéreas, no Parque da Cidade, famoso ponto de encontro do público gay de Brasília.

Investigações pontam que a vítima e o detido trabalhavam na mesma empresa e já mantinham um relacionamento amoroso há dois anos e seis meses e que uma das possíveis motivações para o crime foi o fim do relacionamento. A prisão aconteceu no Condomínio RK, em Sobradinho.

O suspeito Frederico Bruno da Silva nega o crime, mas segundo o delegado-adjunto da 1ª Delegacia de Polícia, João Ataliba Neto, o casal já separado costumava ir ao parque para se relacionar com outras pessoas. “Durante os depoimentos, o suspeito omitiu alguns fatos e chegou a mentir. Trabalhamos com a suspeita de ele ter agido por ciúmes”, disse Neto.

Ricardo Pio Rodrigues levou um tiro no peito. Os peritos recolheram relógio, celular, boné, chaves de um carro e um pote de gel lubrificante supostamente pertencentes à vítima. “Estou realmente sem acreditar. Ele se dava bem com todo mundo. Era um cara muito feliz, sempre dava dicas de viagens”, lamentou um colega de Ricardo que trabalha na Latam e preferiu não se identificar.

O suspeito e namorado de Ricardo chegou a atender a reportagem do Portal Metrópoles, mas disse não estar em condições de dar entrevistas. Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação da Latam ressaltou que “se sensibiliza com o ocorrido” e “irá colaborar com as autoridades e prestar a assistência necessária aos familiares do funcionário”.