6 fatos sobre ejaculação que vão lhe fazer gozar ainda mais

Você terá mais cuidado com sua ejaculação depois de ler este artigo. A arte da ejaculação é uma função chave no orgasmo e para alguns o “spunking” (o famoso beijo com porra) é um passatempo delicioso. Além de fornecer o alívio orgásmico que muitos desejamos, há diversos mitos sobre alimentos, sobre ingestão e sobre a quantidade que você goza e que vamos desvendar aqui.

 

1 Seu orgasmo começa antes de gozar

Está tudo na sua cabeça. Os orgasmos realmente começam no cérebro. A ejaculação é um reflexo da medula espinhal em reação. Isso significa que para alguns homens, o orgasmo começará mesmo antes da primeira contração da ejaculação. O homem continua a ter em média seis a dez dessas contrações musculares até que ejaculem, ou seja, controle emocional e físico é fundamental durante toda sua transa ou punheta.

2 A média de esperma que você ejacula é uma colher e meia de sopa

Ok, nada de pegar emprestado uma das colheres do escritório para verificar sua quantidade durante o almoço. E, claro, a quantidade varia. Mas o important Journal of Andrology sugere que o volume médio é de cerca de 3,4ml. Isso é apenas uma média. Depende de cada pessoa, seu nível de hidratação e, claro, a última vez que você ejaculou.

3 Sua porra é o que você come

Todos os seus fluidos corporais, incluindo o seu cuspe, suor e sim, sua porra são influenciados pela sua dieta. Mas beber um litro de suco de abacaxi antes da próxima transa não vai fazer a diferença. Se você realmente deseja saborear e cheirar o sêmen na hora da transa, fazer uma dieta mais saudável é a chave. Um bom alimento para um esperma robusto inclui ostras, chocolate, nozes, aspargos, alho, carne magra e sim bananas.

4 Seu leite é cheio de proteínas

Outra coisa que os pênis têm em comum com as bananas são os nutrientes essenciais que podem fornecer. Em uma gozada típica de 3.4ml, o seu leite terá cerca de 10 miligramas de sódio, 9mg de frutose e 0.2mg de proteína. Isso sem esquecer os micronutrientes essenciais, mas muitas vezes negligenciados, como vitamina C, magnésio, fósforo, B12, zinco, nitrogênio, potássio, cálcio e cloro. E sim, a porra também contém um pouco de urina, afinal ambos saem pelo mesmo canal.

5 orgasmos aliviam dores de cabeça

Um analgésico natural. Os orgasmos inundam seus cérebros com endorfinas que também são poderosos bloqueadores da dor. Pesquisadores na Alemanha publicaram um estudo no ano passado, onde seis em cada 10 pacientes que fizeram sexo com dor de cabeça sentiram melhor após o orgasmo. Os pesquisadores ainda disseram que atletas de resistência, como os corredores de maratona, terão melhores chances de curar enxaquecas com orgasmos. Isso ocorre porque eles terão treinado seu corpo para tirar o máximo proveito de suas endorfinas naturais.

6 Treinar seus músculos anais melhora sua ejaculação

Todo mundo precisa saber mais sobre seu ânus. Os músculos que você usa para segurar os puns (hummmm) são os mesmos que o ajudam a ejacular. Os kegels ou os músculos do assoalho pélvico são responsáveis por te ajudar a parar de urinar durante o ato e fazer exercícios nessa região pode tornar sua ejaculação mais forte e poderosa. Dica: se você quiser aprimorar os músculos do kegel, não use as nádegas, abdômen ou coxas, certifique-se de se concentrar em seus músculos pélvicos.