ESTUDO: Caras Soropositivos Indetectáveis Ainda Assim Podem Passar HIV?

This post is also available in: Inglês Espanhol Alemão Russo

Uma pessoa HIV-positiva tomando os tratamentos antirretrovirais (TAR) para manter uma carga viral indetectável tem quase zero chances de transmitir o vírus para parceiros sexuais, de acordo com um estudo apresentado na Conferences on Retroviruses and Opportunistic Infections (Conferências sobre Retrovirus e Infecções Oportunistas).

Apesar de um estudo anterior de 2011 determinar que o TAR tinha 96% de sucesso em impedir a transmissão de HIV entre casais heterossexuais, esse estudo não incluiu muitos homens gays, o que significa que os cientistas não necessariamente sabiam sobre a transmissão do HIV quando o sexo anal era inserido na equação.

Esse estudo mais recente, no entanto, consertou esse descuido: apesar do estudo incluir casais heterossexuais, 40% dos mais de 1.100 participantes eram homens que fazem sexo com outros homens. Os participantes do estudo fizeram sexo sem camisinha, e dos 16.400 casos de sexo gay no estudo, nenhum transmitiu HIV entre os parceiros. Das poucas vezes que um parceiro HIV-negativo contraiu HIV, os testes genéticos provaram que a origem era de um parceiro sexual externo.

Isso não necessariamente significa que é impossível que uma pessoa HIV-positiva indetectável transmita HIV. Na verdade, AIDS.gov ainda recomenda tomar medidas para evitar a transmissão de HIV durante qualquer relação sexual. Para cobrir todas as possibilidades, os pesquisadores do estudo declararam a probabilidade máxima de transmissão durante o sexo anal com um parceiro indetectável de (no máximo) 1% de chance. Os cientistas pesquisadores do estudo também calcularam o nível de confiança do resultado em 95%.

O mais importante, o estudo prova que o TAR é um método eficaz para combater a epidemia de HIV (algo que nós discutimos no passado).

Entretanto, assim como a sua mãe sempre dizia, melhor prevenir do que remediar – e ainda não temos uma cura para o HIV/AIDS. Porém, se você estiver indetectável, e se esquecer da camisinha alguma vez, você provavelmente não precisa se preocupar. E, claro, se o seu parceiro HIV-negativo estiver tomando PrEP, ele vai ficar bem.

(imagem via Men.com – NSFW)