Still In Love With You Eurovision 2015

Eurovision 2015: 5 Músicas Que Não Estão Nem Aí Para A Paz Mundial

This post is also available in: Inglês Alemão

Todo ano o Eurovision tem um tema e é sempre algo vago, como o desse ano “Construindo Pontes.” O Eurovision provavelmente pensou que todos os seus participantes cantariam sobre conectar culturas, seguir em frente em direção a um novo amanhã, e paz mundial — todas as competições musicais internacionais não são implicitamente sobre paz mundial? Bem, o Eurovision quebrou a cara porque enquanto alguns países cantam sobre unidade, boa parte dos participantes apenas disseram “rs só que não” e cantam músicas que não tem nada a ver com pontes ou com paz mundial ou o que seja. Vamos dar uma olhada.

Nosso primeiro participante é Eduard Romanyuta representando a Moldávia. Esse jovem rapaz — que alias daria uma belíssima drag queen — tá tentando pegar uma garota. E tá desesperado. Ele começa com: “Ei garota/ me lembre porque não estamos juntos ainda.” Ummm… ela não tá com você por causa da sua cantada de pedreiro — como você ousa tentar chegar nela assim! Além disso, o vídeo não tem nada a ver mesmo com paz mundial: ele explode um carro de polícia, da PT em outro, e a sua amiguinha vomita no para-brisa de um carro de polícia. Assim fica difícil “construir pontes”! Quer saber, Eduard, vai tomar um banho gelado e pense sobre suas decisões.

Você acharia que um país tão influente quanto o Reino Unido promoveria coisas importantes como paz mundial, direitos gays, boa higiene dental — ‘cê sabe, o de costume. Mas não é isso que o Electro Velvet está nos oferecendo, não mesmo. Eles estão nos dizendo que precisamos “Dançar, dançar,” como se o Great Gatsby estivesse dando uma festa enquanto ao redor o mundo está acabando. Escuta aqui, Electro Velvet, a única pessoa que eu quero que me diga pra dançar é a Lady Gaga, então rala! Também, por alguma razão qualquer tem scatting na música. Ei, Electro Velvet, estamos em 2015, e não 1933!

A primeira vez que eu ouvi Nadav Guedj de Israel cantando “Golden Boy” eu senti náuseas fiquei chatiadíssimo que eu tive que sofrer com o decorrer da música. É tipo, em uma festa, ouvir de um leke porque a namorada terminou com ele mas mesmo assim insistindo que ele é foda.

Querida, não, você tá agindo como se tivesse 16 anos. Vamos mandar a real — você tem um tempo pra crescer, um tempo pra aprender e talvez você vai perceber que é você não tem nada demais. Letras como, “Me leve pra sair. Não estou a fim de um coração partido. Vou dançar essa noite, esquecer ela. Não, ela não sabe o que estou fazendo na pista. Gatas, vocês disseram olá?” me faz fechar os olhos e desejar que eu pudesse me transportar para um momento onde eu nunca tenha ouvido essa música.

Porém, talvez ele só esteja tentando “construir pontes” com outros brothers de coração partido que curtem uma festa pelo mundo.

Monika Linkyte e Vaidas Baumila da Lituânia são muito fofos e não tenho certeza se eles estão namorando mas eu super apoio. Apesar da fofura deles, a música “This Time” não tem nada a ver com paz mundial, é sobre se apaixonar enquanto se está bêbado. É tipo uma música perfeita para casamento em algum país eslavo e eu ACHO que isso tem a ver com “construir pontes” mas porra, essa música foi sorteada entre várias músicas românticas bregas? Eu nem quero citar a letra porque é entediante nesse nível, e não tem qualquer relação com a paz mundial.

O Eurovision descreve a Anti-Social Media da Dinamarca como “inspirada pelo som caloroso dos anos 60” e eu apoio totalmente esse revival. Contudo, a música deles “The Way You Are” é tipo um One Direction rejeitado basicamente dizendo àquela garota fofa por ela é tuuuuudo de bom. Como isso tem algo a ver com paz mundial é talvez como, você sabe, as garotas mandam no mundo (oiii Beyoncé)? Não, acho que não é isso. Mmm, pessoas bonitas fazem o mundo melhor? Ah droga, errado de novo. Talvez seja sobre construir pontes entre namorados, mas quer saber? Deveria ser apenas uma B-side de alguma boy band britânica que não fez sucesso no The X Factor e não participar de uma competição internacional.

O Eurovision tem mais de 40 países competindo, e eu ainda tinha uma lista de talvez 10 outras músicas que poderiam ter entrado nessa lista, então, de nada que não te fiz sofrer. As coisas que não faço pelos meus leitores.

Comments are closed.