Garoto é espancado até a morte pelo próprio pai por ser gay

This post is also available in: Inglês Espanhol Russo Ucraniano

Em uma publicação no Facebook, a avó do menino disse que seu neto sofreu abuso físico e psicológico. Traduzido do português, ela escreveu:

Um adolescente de 16 anos, Gabryel Magalhães, conhecido como Gabryel Selenator nas redes sociais, foi espancado até a morte por seu próprio pai depois que descobriu que o menino era gay. De acordo com informações do Portal Rondônia, o menino foi morto em 20 de dezembro em Tianguá, Serra da Ibiapaba. Gabryel era fã de Selena Gomez, e muitos dos fãs da cantora levaram a notícias às mídias sociais para expressar sua tristeza pela trágica passagem do adolescente.

Em uma publicação no Facebook, a avó do menino disse que seu neto sofreu abuso físico e psicológico. Ela escreveu:

“É com pesar que anuncio a partida de meu amado Gabryel Magalhães. Meu companheiro de todas as horas, de coração grande, espírito sereno e só queria paz”, escreveu a avó, Aurelidia Ramos na rede social. “Não precisava de tantas agressões físicas e psicológicas. Morreu apanhando, até desmaiar. Meu coração está estraçalhado com tanta barbaridade”.

No twitter membros do fã clube disseram: “Um selenador brasileiro chamado Gabryel foi assassinado hoje por seu próprio pai ao se assumir homossexual. Estamos muito tristes. Nós o amávamos e vamos sentir falta. Você é muito especial. Descanse em paz, anjo. ”

Outro acrescentou: “Isso é devastador. Eu me pergunto quantos terão de morrer até que todos nós sejamos iguais. Este menino foi morto por alguém que deveria defendê-lo. Isso é inaceitável. Gabryel é agora uma estrela brilhante no céu. Para sempre em nossos corações.”

Uma outra pessoa escreveu: “Um selenator foi morto por seu próprio pai por ser gay. É 2017 E ESTAMOS AINDA TRATANDO COM COISAS COMO ESTA. As pessoas LGBT estão sendo mortas por serem quem são e são MORTAS. ”

A artista que o garoto era fã também fez um post em sua memória.