Homem é mantido em cativeiro com coleira pelo namorado por três meses

Um homem de 48 anos acusa o namorado de ter sido estuprado, sequestrado e espancado pelo companheiro durante três meses na cidade de Vila Nova de gaia, Portugal. Os crimes ocorreram na casa em que o casal compartilhava há 20 anos. A vítima relatou desentendimentos que iniciaram em agosto desse ano e que por isso foi impedido de sair de casa pelo companheiro que o manteve em cativeiro.

O home que passou a viver sequestrado em casa, com as portas sempre trancadas, ficava trancado com uma coleira de ferro no pescoço presa a uma corrente fixa no chão quando o companheiro saía de casa, que ficava completamente escura.

Após ter conseguido fugir há alguns dias, a vítima acionou a polícia e pediu abrigo a um amigo. A polícia local investiga o caso, mas não emitiu nota sobre a possível prisão do criminoso. A vítima relatou ainda que foi estuprada repetidamente e espancado pelo companheiro homossexual.

Segundo o jornal português Correio da Manhã nesta quarta-feira, 20, prestou uma série de exames no Gabinete Médico Legal de Braga e foi ouvido por um procurador do Tribunal de Braga.