Mais de 70 homens LGBT são evacuados da Chechênia com a ajuda do Hornet

This post is also available in: Inglês Espanhol Francês Ucraniano

Por quase um ano, a República da Chechênia, semi-autônoma, liderou uma campanha de sequestro, tortura e assassinato de pessoas LGBT. Durante meses, a república negou essa “caça aos gays”, mas testemunhas dessa campanha de horror tem apontados mais evidências e contando suas experiências.

Um relatório de 31 páginas divulgado pela rede russa LGBT em agosto afirmou: “Apesar de a Rússia ser comumente definida como uma sociedade com altos níveis de homofobia… [a purga anti-LGBT na Chechênia] é um ato de violência de massa sem precedentes na Federação Russa “.

Nenhum lugar é seguro para as pessoas LGBT na Chechênia desde que a campanha começou, e as autoridades estão usando barreiras na estrada, invasões domésticas e visitas no local de trabalho para sequestrar homens gays. Uma vez sob custódia, esses homens são espancados, torturados, deixados sem alimento, desnudados e obrigados a entregar nomes nomes de outros.

Após essas notícias, LGBTs, ativistas e organizações de direitos humanos se mobilizaram rapidamente para responder a relatos de homens LGBT presos, torturados e presos por cidadãos e governo chechenos. O Hornet trabalhou em parceria com várias organizações regionais e globais de direitos humanos para garantir que nossa comunidade de usuários naquela região tenha acesso a informações e recursos.

O Hornet enviou uma série de mensagens para homens na área, fornecendo informações sobre a rede russa LGBT, fez esforços em torno da evacuação e sobre como denunciar violações de direitos humanos. Em parceria com Grupo Alturi Advocacia, ajudamos a levantar fundos para a rede Russa LGBT.

Também elaboramos uma ficha técnica Know Your Rights em russo e checheno, que foi distribuída aos homens na região. Ele forneceu dicas de viagem úteis ao atravessar fronteiras internacionais, estatísticas (e um mapa) de homossexualidade criminalizada em todo o mundo e como alguém pode denunciar violações de direitos humanos.

Abaixo está a ficha “Know Your Rights” do hornet em checheno. Clique aqui para a versão em inglês.

hornet chechnya know your rights fact sheetAté hoje, o Hornet continua a trabalhar com a rede LGBT russa e a ILGA Europe para ajudar os homens LGBTQ que ainda estão na Chechênia e que precisam de informações e recursos.

Até agoraa, mais de 70 homens foram evacuados da Chechênia devido aos esforços da rede russa LGBT. Estes homens encontraram refúgio na França, Argentina e Lituânia.

hornet chechnya assistance

“Os direitos LGBT são direitos humanos, e eles devem ser protegidos e defendidos”, diz Alex Garner, estrategista sênior de inovação em saúde do Hornet. “Os homossexuais que sofrem de opressão e violência na Chechênia precisam saber que não estão sozinhos, que o que está ocorrendo é injusto e que o Hornet, em parceria com ONGs, continuará a fornecer-lhes informações e recursos e defender seus direitos humanos fundamentais”.

O Hornet está determinado a enfrentar as atrocidades da opressão chechena com assistência e afirmação para nossos irmãos e irmãs LGBT.

Imagem em destaque via Getty Images