Adolescente mata pai adotivo gay para ficar próximo do pai biológico na cadeia

This post is also available in: Inglês Espanhol

O Departamento de Polícia Metropolitana de Indianápolis prendeu o jovem Jordan Marin-Doan, um adolescente de 16 anos, por começar um incêndio que matou seu pai adotivo de 45 anos Jason Doan. Quando interrogado pela polícia, o adolescente Jordan Marin-Doan disse ter começado o fogo para poder ir para a prisão e ter uma cela próxima à de seu pai biológico (que também está preso). O garoto será julgado como adulto por assassinato, incêndio culposo, e roubo de automóvel.

Jason Doan, o pai adotivo do garoto, havia casado com o seu marido Alan Marin em 2014 imediatamente após o casamento do mesmo sexo ter sido legalizado em Indiana, nos Estados Unidos. No ano passado, eles adotaram três crianças, o adolescente Jordan, um menino de 10 anos, e outro menino de 11 anos.

Uma semana antes do ataque de 2 de novembro, Jordan Marin-Doan ameaçou matar seus pais adotivos para ficar mais perto do pai biológico. Na noite do incêndio, ele jogou a gasolina de um cortador de grama no meio das escadas e colocou fogo usando um isqueiro. Ele então dirigiu o carro do casal e parou no estacionamento de um hotel em Decatur, Indiana, onde a Polícia o encontrou.

LEIA TAMBÉM | Why a 79-Year-Old Progressive Methodist Minister Burned Himself Alive

Jordan disse à polícia que após ter colocado fogo na casa ele se arrependeu, ficou assustado e fugiu. De acordo com o Jordan, ele não estava nervoso, e não sabe por que fez isso.

Enquanto Jordan fugia para a cidade de Decatur, os pais adotivos acordaram com o som do detector de fumaça às 11 da noite. Eles pegaram as crianças e foram para o banheiro onde Doan quebrou uma janela para que Marin pudesse rastejar para fora. Doan passou as duas crianças mais novas para seu parceiro, e foi atrás dos cachorros da família.

Não se sabe se Doan resgatou os animais. Os bombeiros o resgataram da casa e o levaram para o Hospital Eskenazi, onde mais tarde ele morreu por “inalação de produtos de combustão”.

Doan tinha uma empresa de construção que comprava, reformava e vendia casas. Ele também era doador de órgãos, e os rins e o fígado irão ajudar outras pessoas. O fogo danificou consideravelmente a residência. O viúvo e as crianças estão em casa de familiares.