O Guia Gay do Hornet Para Los Angeles

This post is also available in: Inglês Francês

Se você está procurando por ostentação, glamour e talvez esbarrar em uma celebridade ou outra por aí, não precisa mais procurar—Los Angeles está te chamando.

Das lojas em Beverly Hills à Calçada da Fama de Hollywood ao centro da cidade que fica mais moderno a cada minuto, com todo esse glitter e essa riqueza não é nenhuma surpresa que a cena gay de L.A. seja tão fabulosa quanto a cidade em si (e surpreendentemente diversificada).

West Hollywood

West Hollywood, também conhecida como WeHo, é um dos três centros gays de Los Angeles, e teve seu início lá nos anos 80. Normalmente em WeHo, a mentalidade é ‘ver e ser visto’, e as boates e bares gays dessa cidade-dentro-de-uma-cidade geralmente estão lotados todo final de semana, e às vezes durante a semana também.

Procurando por uma margarita barata? Que tal duas? Fiesta Cantina, um dos bares mais populares da área gay, tem uma happy hour com uma promoção maravilhosa de leve dois por um todo dia das 16h às 20h e depois novamente das 22:30h às 00:30h! Peça umas margaritas ou umas Coronas grandes com uns petiscos tex-mex.

Se você estiver a fim de dançar a noite toda, Rage e Micky’s são as opções mais populares, uma do lado da outra no Santa Monica Boulevard. Rage, normalmente para agradar um público mais jovem, adora encher a pista com pop e com outras noites musicais temáticas, enquanto a Micky’s tem um público mais diverso e toca músicas populares do Top 40. Ambas as boates tem noites com drags bem populares também.

The Abbey

The Abbey é o bar gay mais popular de West Hollywood—se não for o do mundo. Um lugar enorme com área externa e interna com drinks grandes (e fortes), uma pista de dança agitada, bartenders gatos e uma boa agenda de festas semanais, geralmente tem fila para entrar nos finais de semana. Se você estiver no clima para ostentar você pode pedir garrafas em um camarote na pista de dança ou em uma área mais reservada nos fundos. Celebridades de todos os tipos como Christina Aguilera, Lady Gaga, Lance Bass e Adam Lambert são vistas regularmente bebendo com os fãs e amigos, então mantenha seu celular pronto.

Há pelo menos uma dúzia de bares pela WeHo te chamando para um drink ou uma dança, então vá em frente e explore a área!

Silver Lake

Eagle L.A., foto por Rolling-Blackouts

O lado mais ousado e as vezes mais safadinho da “L.A gay” também é chamado de “The East Side.” Ao contrário dos caras arrumadinhos e depiladinhos de West Hollywood, os homens de Silver Lake preferem barba, couro e cervejas baratas. Aqui é onde você vai encontrar os bares de ursos, as festas de couro e os botecos da cidade.

Eagle L.A. é o marco zero para os amantes do couro da cidade, com festas como Cub Scout, que atrai uma multidão de caras peludos na faixa etária dos 30 e 40, e Grunt, uma festa com tema vagamente militar que atrai alguns dos homens mais gostosos da cidade para se acabarem nos drinks baratos e na pegação. Ao contrário do que rola em West Hollywood, as festa mais divertidas de Silver Lake rolam mensalmente—e não semanalmente.

Faultline, foto por Jeremy Lucido

Faultline e Akbar são outras opções de bares gay de Silver Lake, o primeiro é famoso principalmente pelas noites de quinta onde rolam as festas da roupa íntima e pelas cervejadas de domingo. Esse último é normalmente chamado de um dos bares de bairro mais descolados de L.A., com uma ampla faixa de festas semanais e mensais e um público misturado.

DTLA

Downtown – a região central conhecida como DTLA – tem atraído tanto os moradores locais quantos os visitantes nos últimos anos. Atualmente tem mais hotéis, restaurantes e bares gays na área do que nunca, e muitos LGBTs começaram a chamar o bairro de casa. Faça um favor a você mesmo e passe pelo menos uma noite em DTLA durante a sua próxima viagem à L.A., porque as opções para comer, beber e dançar são quase infinitas.

Se você está procurando por uma noite mais exclusiva, vá até o Bar Mattachine, que oferece um lista criativa de drinks artesanais. Alguns dos melhores DJs queers da cidade tocam aqui, fazendo esse o melhor lugar para começar a noite ou um lugar para se sentir confortável e passar a noite toda.

Quem estiver a fim de se soltar em um bar mais contemporâneo deve ir até o Redline, onde rolam shows de drag e DJs locais comandam o set.

Precinct

Precinct, a joia da coroa da DTLA gay, é um bar enorme com dois andares que tem todo tipo de atração para os gays. Desde shows de drags com muito rock ‘n’ roll a festas com house e música latina, todo final de semana bate recordes de público e também em alguns de seus eventos durante a semana. Muitos gostam de ficar pela área de fumantes, que tem vista para as ruas do Centro.

 

Traduzido por Rafael Lessa.