Veja 10 fotos do nadador Mark Foster que vão te deixar suando na piscina

This post is also available in: Inglês Espanhol Francês Tailandês Chinês

O nadador olímpico e agora super grisalho Mark Foster acabou de sair do armário em uma nova entrevista para o The Guardian. Ele explica por que ele permaneceu fechado por tanto tempo, e os quais são os atletas gays que ele tem como inspiração.

O campeão mundial por seis vezes de 47 anos levou a bandeira da Grã-Bretanha na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 2008 em Pequim. Foster tomou a decisão de se assumir gay depois de acreditar que ele sempre esteve “contando meias verdades para o público”, apesar do apoio total de amigos e familiares.

“Não é como se eu tivesse sido empurrado para me assumir, eu simplesmente decidi por mim mesmo. Contar meias verdades e não ser meu verdadeiro eu só está me machucando. Eu tenho 47 anos, um homem de meia-idade envelhecido e já não estou competindo. E não sou o primeiro desportista gay a se assumir. Gareth Thomas e Tom Daley lideraram o caminho”.

“Eu toquei o problema por muito tempo e fiquei bem na dança de contar meias verdades. Eu apoiei a campanha de Stand Up to Bullying Terrence Higgins Trust, Stonewall, Ben Cohen. Mas sempre fiz isso sob o radar. Nos Jogos Olímpicos de Sochi [em 2014] fiz uma peça para o Huffington Post. Fiquei chocado com o tratamento de pessoas gays na Rússia e precisava dizer algo – sem revelar nada sobre mim. Então eu meio que disse algo. Sempre foi meio verídico em público”.

Agora que já sabemos e adoramos saber, fiquem com essas 10 fotos do grisalho mais lindo das piscinas: