Sala com nudes faz sucesso no Museu da Diversidade. Veja. (NSFW)

Como parte das comemorações da semana do Orgulho LGBT em São Paulo o Museu da Diversidade iniciou a segunda edição da Diversa, exposição de trabalhos de artistas que  expressam a diversidade da sexualidade e gênero.

As obras questionam o binarismo de gênero, a discriminação e a violência sofrida pela comunidade LGBT, bem como a transexualidade e a questão dos padrões impostos pela sociedade muito bem expressos em instalações, fotografias, montagens, mosaicos e textos.

O Hornet apoia o evento e patrocina uma sala reservada com obras que com nudes. E, claro, criou filas na abertura do evento. Um dos destaques é o ensaio com Laerte.

 

O gerente do museu, Franco Reinaldo, se orgulha de ter recebido inscrição de 70 projetos: “Tivemos que, dolorosamente escolher apenas 18 expositores, porque todos eram muito bons. O papel do museu é dar oportunidade para artistas LGBT e a juventude acaba estando à frente de tudo, por isso tanta gente jovem, forte e emocionante”.

“Todas as fotos que produzi foram feitas com modelos que eu conhecia e que tinha alguma informação sobre suas vidas, incluindo meu irmão gêmeo e uma mulher transgênero que topou mostrar tudo”, conta Thiago Antonucci que expõe montagens fotográficas.

“Eu queria extrair algo da imagem e recolocar com algo que estivesse faltando na gente, nas pessoas, no mundo, ainda que fossem palavras, sexo, desejos. São esculturas fotográficas construídas de pedaços que o LGBT vai abandonando ao longo da vida e a tentativa aqui é devolver”, explica Mateus Capelo .

A abertura contou com a visita de muita gente ligada à arte, música, cultura e atraiu visitantes curiosos que passavam pelo metrô despretensiosamente fazendo o espaço ficar lotado em seu primeiro dia. O impacto visual em todas as paredes é convidativo e excitante. A variedade de técnicas também é um motivo que faz valer a visita.

Com entrada gratuita, a exposição fica em cartaz até o dia 30 de setembro na Estação República do Metrô  de terça a domingo sempre das 10 às 20h.